Saúde

Comentários

Vida do bebê é arriscada por sobrepeso da mãe na gravidez

Obesidade no começo da gestação aumenta chances de aborto e morte do bebê

Um estudo afirmou que mulheres acima do peso antes de engravidar ou no início da gestação têm mais probabilidade de sofrer aborto, além de maior possibilidade de perder o recém-nascido durante ou imediatamente depois do parto.

Segundo os pesquisadores, mulheres com muito sobrepeso têm três vezes mais chances de perder o bebê durante a gravidez ou após o parto do que as que estão em perfeitas condições de saúde e no peso ideal. Porém, de acordo estudos complementares, estes riscos aumentam ainda mais assim que a genitora eleva sua taxa de sobrepeso.

De acordo com médicos especialistas, as complicações que a obesidade traz para a gestação vão desde diabetes até pré-eclâmpsia. Além disso, bebês de mães obesas têm mais chance de desenvolver diabetes e obesidade na vida adulta.

No Reino Unido, por exemplo, cerca de 15% das mães eram obesas durante a gravidez, o que faz com que, diariamente, quase 20 bebês morram antes, durante ou depois do parto, totalizando cerca de 6,5 mil vidas por ano.

De acordo com o sistema nacional de saúde do Reino Unido, durante os primeiros seis meses de gravidez, as necessidades alimentares da mulher não mudam, por isso, a dieta não deve sofrer alteração. Nos três últimos meses, apenas 200 calorias a mais por dia já são suficientes.

Comentários